Texto indicadoe resumido por Fta Juliana Franzotti- NCS


Para comparação de 2 diferentes tipos de treinamento muscular respiratório no desempenho do exercício, um protocolo foi desenvolvido.

 

Consiste de uma combinação de 4 semanas, 12 sessões de treinamento muscular respiratório resistido (TMRR), seguido por um de 4 semanas, 12 sessões de Hiperpnéia voluntária eucápnica (HVE) conduzido em corredores experientes (4 homens e 4 mulheres).

 

Medidas antes e 5 dias após o treinamento incluiram: função pulmonar (espirometria), pressões inspiratória e expiratória máximas, o tempo de resistência respiratória, consumo máximo de oxigênio (V (o2) max), tempo de corrida até a exaustão voluntária, 80% V (o2) max , concentração de lactato sanguíneo, e a ventilação minuto.

 

Não houve diferenças estatisticamente significativas na função pulmonar e V (o2) max pós-TMRR e pós VHE em relação aos pré-treinamento.

 

Após TMRR a força muscular inspiratória apresentou melhora por 23,8 + / – 30% e 18,7 + / – 21,4% em repouso e imediatamente após o teste de corrida, respectivamente. A duração da execução de resistência aumentou 17,7 + / – 6,5% após TMRR e 45,5 + / – 14,3% após VHE