Texto extraído de: Sentir Bem


técnica que pode amenizar as dores e prevenir lesões está sendo considerada mais um recurso que pode fazer a diferença dentro de uma partida decisiva. É cada vez mais comum o uso daAcupuntura no tratamento de atletas com objetivo de aliviar a dor.


Nos dias de hoje, o método ganhou grande interesse da área esportiva, tornando-se mais uma alternativa para acelerar a recuperação física pós-treinamento, prevenir lesões, aliviar dores musculares durante e pós-competições e tratar possíveis lesões.


Com o excesso de treinos e jogos, a parte física é sobrecarregada e prejudicada. Apesar da prevenção dos médicos e preparadores, cada atleta tem predisposição a alguns problemas, porém a grande maioria sofre lesões ou desconfortos musculares.

 

acupuntura é particularmente eficaz em problemas comuns como nas coxas e panturrilha, lombalgias, tendinites no joelho e calcanhar, canelite, fascite plantar, entre outras. A técnica estimula o corpo a produzir substâncias químicas, levando a diminuição da dor e inflamação, melhora a circulação sanguínea no local e diminui o tempo de recuperação da lesão.


Estudos demonstram que este procedimento, tem sido considerado altamente eficiente por promover analgesia nas situações de dor no treinamento, por evitar uso excessivo de medicamentos e facilitar a prática esportiva plena.


Segundo o Dr. Liaw W. Chao, médico especializado em medicina esportiva e eletroacupuntura, que integra o Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura, a prática é utilizada na estimulação de pontos localizados em músculos, tendões e ligamentos – no grupo muscular ou nas articulações comprometidas nas práticas do esporte.

 

Os principais objetivos incluem redução do edema (inchaço) e da inflamação, com consequente alivio das dores, relaxamento da musculatura e aumento da amplitude de movimentação das articulações.“Lesões musculares e tendíneas em jogadores de futebol submetidos à acupuntura, por exemplo, podem apresentar melhora em até cerca de 90% dos casos. O método é um suporte efetivo para o bem estar físico dos atletas”, afirma Chao.

 

tratamento consiste, em média, de duas sessões semanais, após a avaliação inicial do médico especialista. A duração é variável, dependendo da gravidade e evolução do caso e, muitas vezes, não há necessidade de parar com o treino, somente adequar o treinamento nesta fase de tratamento, e que pode ter efeito imediato já na primeira sessão.


No procedimento não há efeitos colaterais, é minimamente invasivo e indolor, desde que realizado corretamente por médico habilitado.


Analgésico natural – É comum na fase inicial de um tratamento fazer associação de analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares com a acupuntura. Mas à medida que, os efeitos terapêuticos da técnica chinesa surgem, os medicamentos são reduzidos e até retirados.

 

O principal benefício para o atleta é que a acupuntura estimula o corpo a produzir esteroides e endorfinas. Os esteroides diminuem a inflamação, enquanto as endorfinas diminuem a dor. Assim, ela funciona como um analgésico natural.