Texto extraído de: Avon Renew

 

Qualquer atividade física requer acompanhamento e consultas periódicas ao médico para que seu corpo esteja sempre em completo equilibro. Porém, grande parte da população brasileira acaba sendo seu próprio personal trainer, fato que pode acarretar diversos problemas de saúde, entre eles problemas respiratórios.

 

As atividades físicas aumentam os batimentos cardíacos e fazem com que o corpo necessite de mais oxigênio, fazendo com que os pulmões trabalhem mais. Quando estamos em constante atividade, nosso corpo começa a trabalhar quase que automaticamente, e muitas pessoas acabam abrindo a boca e respirando mais ofegante. Este fato pode preocupar alguns, fazendo com que a pessoa se policie mais, mas não deve ser reprimido: se o corpo reage assim é porque ele está necessitando de mais ar. O ideal neste caso é procurar sempre um especialista para saber se pode estar havendo alguma alteração respiratória.


Respiração Correta

 

Existem alguns sinais que podem apontar alguns problemas respiratórios. Preste atenção neles:

 

- A respiração e o exercício físico fazem com que seus músculos estejam em constante movimento. Se na hora da atividade física você sentir uma dor entre as costelas, na região lateral do tórax, é sinal que seu diafragma está sendo contraído. A melhor dica é respirar fundo e diminuir a carga por alguns minutos. Em caso de fortes dores ou um maior incômodo, procure auxílio médico.

 

- Respire fundo e veja, entre o abdômen e o peito, quem se mexe primeiro. Se for o abdômen, sua respiração está correta — caso contrário, preste atenção na sua respiração e tente jogar o ar para a área do abdômen sem fazer força. Em caso de constantes variações, respire fundo antes de se levantar da cama, sempre direcionando sua respiração para o abdômen.

 

- Sempre perceba se seu abdômen infla e murcha durante a respiração. Esta observação é muito importante para saber se está havendo algum desvio de ar, evitando alguns problemas um pouco mais sérios.

 

É muito importante ir regularmente ao médico e sempre fazer os exames pedidos, até mesmo para adequar os exercícios físicos à sua saúde. Isso vai fazer com que você tenha uma qualidade de vida melhor e possa praticar seus exercícios sem nenhum problema.