HaB, Products that perform!

Dez maneiras de melhorar sua curva de força

1. O primeiro passo é verificar a postura correta para o seu corpo – uma posição incorreta de ciclismo pode afetar tanto os percursos de subida quanto de descida.

2. Independentemente da sua curva de força certifique-se que você está aplicando a mesma força aos pedais com ambas as pernas. A porcentagem de força exercida por cada perna deve estar o mais próximo possível da divisão exata (50/50) (ela irá variar, mas o ideal é manter a faixa de 48%-52%).

3. Invista num bom par de sapatilhas para ciclismo. O uso de calçados não apropriados ao esporte irá certamente comprometer sua curva de força já que eles dificultam a aplicação da força completa e prejudicam as fases de recuperação.

4. Ao praticar não fique em pé sobre os pedais a não ser que faça parte de uma sessão específica.

5. Uma ‘figura na forma de oito’ pode indicar que a resistência foi configurada alta demais e está forçando você a se concentrar somente na descida. Diminua a resistência para um nível que lhe permita sua curva de força até o ideal. Imagine que está ‘tirando a lama da sola de suas sapatilhas’ no momento de levantar-se para a fase de recuperação.

6. Observe que a Wattbike pode ser usada para alta cadência em baixa voltagem em um extremo, e baixa cadência de (r/m) de alta voltagem no outro. Uma velocidade ideal das pernas é importante. Experimente diferentes configurações de resistência e cadência. A cadência pode variar de 50-200 dependendo do tipo de ciclismo que você faz.

7. Configure o Computador de Desempenho da Wattbike para exibir a Vista Polar quando você estiver treinando. Você pode definir o que você desejar ver no lado da mão direita do monitor ao pressionar a tecla ENTER. Isso sempre o lembrará de se concentrar em uma pedalagem eficaz.

8. Caso tenha um, configure a Vista Polar no Software Expert da Wattbike. Além de mostrar sua curva de força, também é possível ver seu ângulo de pico de força e configurar a barra de exibição no lado inferior da tela para mostrar todos os parâmetros de ambas as pernas.

9. Programe para você um treino de eficiência destinado a uma forma específica de ciclismo onde você possa se concentrar somente no aprimoramento da sua ação de pedalagem e curva de força ao invés da distância, velocidade, watts, ritmo cardíaco, etc. Divida o treino em intervalos curtos e aumente gradualmente o tempo de cada intervalo à medida que você melhora. Por exemplo:
• 5 x 4 minutos – Pausa de 1 minuto entre cada intervalo
• 4 x 5 minutos – Pausa de 1 minuto entre cada intervalo
• 2 x 10 minutos – Pausa de 1 minuto entre cada intervalo

10. A seguir, tente uma sessão de 20 minutos sustentando a curva de força por 20 minutos.